Decatlo

Decatlo é uma competição de atletismo composta por dez provas. Nos Jogos Olímpicos, é uma modalidade exclusivamente masculina. As provas que compõem o decatlo são: corrida de 100m salto em distância, salto em altura, lançamento de peso, lançamento de disco, lançamento de dardo, salto com vara, corrida de 1500m, corrida de 400m e corrida de 110m com barreira. O decatlo tem a sua origem no pentatlo dos Jogos Olímpicos da Antiguidade, que incluía salto em comprimentolançamento do discodo dardo, uma corrida e uma luta. A modalidade foi introduzida nos Jogos de 708 a.C.

  O decatlo foi reintroduzido no programa olímpico nos Jogos de 1904, em Saint Louis. O evento foi disputado por sete atletas de duas nações e, segundo as regras da época, durava três dias. O primeiro medalhado olímpico da era moderna foi o britânico Thomas Kiely. Nesta primeira participação, o decatlo era composto por:

Corrida 100 jardas

Salto em comprimento

Lançamento de peso

Salto em altura

120 jardas com barreiras

Marcha 880 jardas       

Salto com vara

Corrida de 1 milha

Lançamento de peso com 56 libras

Lançamento do martelo

As regras são praticamente as mesmas que regem as modalidades quando são praticadas de maneira separada, com exceções. Cada delegação, ou seja, cada país, pode levar uma equipe de no máximo três atletas para competir no decatlo. Nas provas de corrida, são aceitas até duas queimadas em uma largada, e não apenas uma como acontece em outras modalidades. O atleta deve competir em todas as dez provas, para não ser desclassificado. Isso faz com que o decatlo ganhe um grande nível de dificuldade. É uma das modalidades dos Jogos Olímpicos que mais exigem condicionamento físico, resistência e preparo dos participantes. Desse modo, não é à toa que quem vence uma competição de decatlo acaba ganhando uma aura praticamente de “super-herói”, chegando a ser chamado de melhor atleta do mundo.

Atletas famosos:

  • Ashton Eaton
  • Kevin Mayer
  • Daley Thompson
  • Tomáš Dvořák

Publicado por:Diego, Hugo e Lorran

Corrida de Obstáculos

As corridas com obstáculos são provas que têm, no percurso, obstáculos sobre as quais os atletas têm que saltar. Nessas provas, que ocorrem nas modalidades de 2000m e 3000m, cada volta na pista terá 4 obstáculos e 1 fosso de água. No total, o atleta deve saltar 28 vezes sobre os obstáculos e 7 vezes sobre o fosso de água na prova de 3000m. Na prova de 2000m, os atletas terão que saltar 18 vezes sobre os obstáculos e 5 sobre o fosso.

Regras:

• O número de voltas é de acordo com a localização do fosso de água, que pode tanto estar na parte interna da pista de corrida 1, quanto na parte externa das pistas 8 ou 9;

• Cada participante da prova deve enfrentar 28 obstáculos e sete fossos de água (que se trata de uma barreira composta por uma poça d’água);

• Na modalidade de corrida para homens, os obstáculos têm uma altura de 91,4 cm;

• Na modalidade de corrida para mulheres, os obstáculos têm uma altura de 76,2 cm;

• As barreiras instaladas na pista de corrida não caem quando são tocadas e, devido a essa característica, os atletas podem ficar de pé sobre elas para poder ultrapassá-las;

• O atleta que consegue o tempo de prova mais rápido é considerado o vencedor;

• O fosso de água em frente à barreira tem 3,66 m de comprimento e o seu fundo é inclinado, começando com 70 cm de profundidade embaixo da barreira até chegar no mesmo nível da pista ao final de seu comprimento;

Uma curiosidade é que a maior corrida de obstáculos do mundo ocorreu no município de Lauro Müller. A competição foi dividida em dois níveis: de dez quilômetros com 20 obstáculos e 21 quilômetros com 30 obstáculos, entre eles rastejar sob arames farpados, correr entre labaredas e cruzar barreira de água por corda ou a pé.

Não existem atletas que se destacam muito na corrida com obstáculos, mas o ultimo vencedor foi um queniano chamado Ezekiel Kemboi, em segundo lugar outro queniano chamado Brimim Kiprop e em terceiro um francês chamado Mahiedine Mekhissi-Benabbad

Publicado por: Bernardo Souza e Marcus Vinícius

Salto com vara

SALTO COM VARA

Salto com vara é um evento do atletismo onde os competidores usam uma vara longa e flexível para alcançar maior altura e passar por cima de uma barra ou sarrafo. A pista de corrida para o salto deve medir no mínimo 45 metros e ao fim dela se encontra o obstáculo, uma barra horizontal de 4,5 m de comprimento, 2,260 kg de peso máximo, sustentada por duas traves laterais que a elevam e apoiam à determinada altura. Exatamente ao fim da pista, ao nível do solo e à frente do obstáculo, existe centrada uma caixa de metal ou madeira, com 1 m de comprimento, 60 cm de largura no início e 15 cm junto ao obstáculo. É nela que o saltador apoia a vara para conseguir a impulsão, realizar o salto e ultrapassar o sarrafo. Se durante um salto a vara do atleta quebrar ou rachar, ele pode trocar a mesma por outra. O salto com vara faz parte do quadro olímpico de esportes desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna (Atenas 1896). No último campeonato mundial de Atletismo, realizado em Pequim em 2015, o vencedor do salto com vara foi o canadense Shawnacy Barber que atingiu a marca de 5,90 metros. Na categoria feminina, a medalha de ouro ficou com a saltadora cubana Yarisley Silva, que atingiu a marca de 4,90 metros.

Os atletas famosos são; Serguei Bubka, Thiago Braz, Fabiana Murer, etc…

Salto em altura é uma modalidade olímpica de atletismo.

Publicado por: Laryssa Temponi e Raphaela Gonzaga